Your Cart
Frete grátis acima de R$180 para as capitais de todo o país! Cálculo automático no carrinho 🙂

limpando a Ilha Grande com uma equipe só de mulheres

Ficou sabendo expedição de Outubro 2020, iniciativa que faz parte do movimento Sailing for the Ocean da ONG Parley ? Leia aqui o meu diário de bordo!

Primeiro dia – Segunda-feira, 19 de outubro.

Juntamos mulheres incríveis. Se existia alguma dúvida sobre isso antes, não existe mais. Apesar de já ter “conhecido” todas elas nas diversas reuniões de planejamento que antecederam a expedição, e que no fim foram muito importantes pra gente se entrosar rapidinho, ao vivo é sempre outra coisa, né.

Ainda mais em tempos de pandemia, conhecer e poder trocar com (e tocar!) pessoas novas é muito especial.

A gente já sabia que não ia ter como existir isolamento de verdade entre 8 tripulantes dentro de um catamarã, por isso todas nós comprometemos a intensificar a quarentena nós 15 dias antes – e nos 15 dias que ainda virão após o fim da expedição.

E essa proximidade é essencial para tornar a Boa-Vida (nome do barco) nossa casa! Aliás, que barco! Nunca imaginaria experimentar um desses, e a Brasil Yatch Charter foi muito parceira!

Por conta da pandemia, nesta expedição não teremos contato com as comunidades locais, o foco será então a interação entre as próprias tripulantes, umas com as outras. Então vamos trabalhar como podemos ser humanas melhores e contribuir pro mundo, sem querer chegar em outras comunidades “oferecendo” coisas que talvez não seja o momento (peloamor, ngm aqui quer ser colonizadora branca – já vimos que isso aí não deu muito certo né). Eu, como moradora da ilha, valorizo muito essa decisão da nossa capitã (Juliana).

Com a cabeça já a mil, depois da correria de nos estabelecermos e de soltar as amarras, por volta das 13:30 saímos da Marina Verolme. Primeiro destino: Lagoa Azul.

Esse é um dos principais cartões postais da Ilha, um cantinho entre 2 ilhotas onde a areia branca ressalta a cor azul da água. Sempre há turistas por ali, de lanchas e botinhos particulares a grandes escunas. No caso, o objetivo era ver um desses locais mais movimentos e identificar o tipo de resíduos encontraríamos ali.

Felizmente, achamos bem pouca coisa. Felizmente não, na verdade foi por sorte. Dependendo da maré e do regime de chuvas, a região tem “marés de lixo” que daria pra passar dias limpando, como eu já mostrei aqui (https://www.instagram.com/p/B7gOX4chTHt/).

Na Lagoa Azul eu levei as meninas para um mergulho livre, de máscara e snorkel, pra vermos um pouco o que a superfície não mostra (seja a vida marinha, seja lixo). Falamos de coral-sol (tá cheio, maldita espécie invasora!) e foi bem especial ficar com a Thallita, nossa chef vegana, na água, porque ela não tem uma super aquacidade. Mas tava super tranquila e curtindo! A Luenne (arquiteta e bioconstrutora) também curtiu bastante, enquanto eu e a Evelin (surfista profissional e também oceanógrafa, como eu) apontávamos pra tudo e falamos de esponjas, corais, caranguejos-ermitão… Acho que a Sam (fotógrafa), a Ju (capitã e diretora da Parley Brasil) e a Maria (skipper) também curtiram, mas elas já tão bem mais acostumadas com o mar nas suas diversas formas.

A ideia do Sailing for the Oceans, esse movimento da Parley Brasil liderado pela Ju, é ser mesmo uma escola itinerante, juntando pessoas com experiências e vivências diferentes (com foco nas comunidades costeiras, quando possível), tudo em um ambiente flutuante que permita muita interação com o oceano. Acho que ficar num barco amplia muito essa vivência mesmo. E o balanço da um soniiiinho…

CONTINUA NO BLOG DA LIGA DAS MULHERES PELO OCEANO!

Conheça a tripulação:

Texto por Beatriz Mattiuzzo, oceanógrafa e fundadora da Marulho https://www.instagram.com/marulhoeco/

Juliana Poncioni – capitã da expedição e diretora da Parley Brasil https://www.instagram.com/ju_nas.mares/

Maria Dupuy – Skipper, natural da Argentina https://www.instagram.com/mar_masita/

Thallita Flôr – chef vegana, atriz e palhaça https://www.instagram.com/thallitaxavier/

Evelin Neves – surfista profissional e (quase) oceanógrafa https://www.instagram.com/evelinneves/

Luenne Coelho – arquiteta e bioconstrutora https://www.instagram.com/luenne.coelho , fundadora da @copovivo

Anna Verônica – fotografa e filmmaker com altas habilidades aquáticas https://www.instagram.com/annaveronicafr/

Sam Manhães – fotógrafa e a mais nova da expedição! https://www.instagram.com/sammanhaes/

Nosso agradecimento a quem tornou esse sonho realidade:

Brasil Yacht Charter, a empresa que cedeu o barco pra expedição a acontecer https://www.instagram.com/brasilyachtcharter/

INEA e Parque Estadual da Ilha Grande, que autorizaram a ação e apoiaram à expedição https://www.instagram.com/rj_inea/

Ciclo Orgânico, que cedeu baldinhos e compostou nosso orgânico https://www.instagram.com/cicloorganico/

Stick Bee Surf Wax, parafina de surf feita de cera de abelha (ao invés de petróleo), tornando nossa surfada lixo zero https://www.instagram.com/sbeesurf/

Ecolmeia e Sweet Lines, opções para embalar as pranchas sem gerar + lixo: https://www.instagram.com/ecolmeiasurf/ (capa de papelão) https://www.instagram.com/sweetlines_br/ (capa de pano)

Shampoo e Condicionador em barra da https://www.instagram.com/de.alma.lavada/

Supermercado A Colheita trazendo alimentos de produtores locais https://www.instagram.com/somosacolheita/

Açaí sem plástico! da https://www.instagram.com/almaz.brasil/

Bolsas de saco de ração, ESTANQUES! da Trechy https://www.instagram.com/trechy.etc/

e a Marulho, que levou escovas de dente de bambu e bastante redinhas de pesca reutilizadas pras mulheres todas, além de uma fruteira para a gente colocar os alimentos no barco 😊 https://www.instagram.com/marulhoeco/

Carrinho de compras0
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele.